quinta-feira, 6 de julho de 2017

Tancos very much

O caso do roubo de material militar do paiol Tancos ocupou as notícias na última semana. Sem câmera, sem vedação, e sem vigilância durante horas. É como se o paiol de Tancos estivesse a ser vigiado pelo casal McCann. E se a vídeo-vigilância avariada e a falta de pessoal efectivo já não fossem suficientes, os únicos cães de guarda que têm são de loiça. Resumindo, a base de Tancos estava mais desprotegida que uma queima das fitas com o Charlie Sheen.

Mas nem tudo é mau. Se por um lado desapareceu material de guerra, que põe em causa a segurança de todos, por outro lado, o paiol assaltado ganhou um espaço de arrumação bem maior. E a verdade é que granadas anti-tanque estão muito demodée. Pese a fraca segurança, o paiol de Tancos mantém uma pontuação muito positiva no Zoomato, recebendo pontos extra pela rapidez do serviço e facilidade de acessos. 

O assalto, porém, não implicou reforço da vigilância nas fronteiras. O exército acredita que, ao contrário de material de guerra, não é fácil roubar linhas imaginárias. O assalto a Tancos revelou sobretudo a falta de organização no exército. O que é pena. Se há coisa que o caso de corrupção no abastecimento das messes prova é que as forças armadas têm gente capaz de se organizar e trabalhar em conjunto. 

Entretanto, noutro caso envolvendo militares, a Polícia Judiciária deteve 12 oficiais por suspeitas de corrupção no abastecimento da messe do exército, na chamada "Operação Zeus". O que é pena. Perdeu-se uma excelente oportunidade de chamar a esta operação "Pesadelos na Cozinha". 

O presidente do Sporting casou-se. Como habitualmente, a imprensa anunciou que Bruno Carvalho tem novo um clube. O que é cruel, pois cria falsas esperanças aos sportinguistas. Para isso eles já têm a pré-época. Ainda no Sporting, Fábio Coentrão assinou por uma época. Trata-se de uma excelente jogada de antecipação do Sporting, que assina com um jogador que já tinha tudo acertado com o Fisco Espanhol. 

O Benfica terá celebrado com o bruxo Armando Nhaga um contrato de prestação de serviços. O acordo de 100 mil euros, incluía, entre outros métodos de bruxaria, o sacrifício de galinhas. Considerando que ainda há uns anos o Benfica pagou 8 milhões pelo guarda-redes Roberto, 100 mil euros não é um valor assim tão elevado a pagar por frangos. Por outro lado, há pouca gente capaz pagar tanto por comida. Assim, de cabeça, só me lembro das Forças Armadas. Outro método do bruxo guineense incluía embeber panos em bagaço. Por muito bom bruxo que seja, Armando Nhaga é péssimo a servir bebidas. Se no Apito Dourado se falava de fruta, agora no chamado "Apito Encarnado" fala-se de galinhas. Ou seja, nos casos de corrupção no futebol português há sempre produtos alimentares ao barulho. O que abre aos nossos dirigentes desportivos boas perspectivas de uma carreira nas Forças Armadas.

A Coreia do Norte lançou um míssil de longo alcance, capaz de atingir qualquer ponto do Planeta. O que motivou fortes censuras da comunidade internacional. O caso de Tancos é um excelente incentivo que Portugal dá à Coreia do Norte, Irão e Canelas F.C. para iniciarem os seus próprios processos de desarmamento. Não percebo o embargo à Coreia do Norte, sobretudo de músicos. Ao contrário do que os músicos dizem no final de qualquer concerto, independentemente do lugar, os norte-coreanos são, efectivamente, o melhor público do Mundo. O Kim Jong-un pode fazer qualquer coisa, que eles aplaudem tudo. Ele pode mandar um peido e eles aplaudem. O apoio do povo Norte-coreano ao seu líder é tão incrível que um dos meus sonhos é ver o King Jong-un a participar no "Preço Certo em Euros". 

Por cá, uma criança de ano e meio esteve desaparecida durante 15 horas na aldeia de Serzedelo. Iuri, de seu nome, foi encontrado a 1 km de casa. Tudo indica que iria a caminho do Registo Civil para mudar de nome. O bebé foi encontrado por uma vizinha que o delatou imediatamente às autoridades. Iuri irá agora cumprir pena agravada, obrigado não só a manter o nome Iuri, o qual terá ainda de acumular outro nome que poderá ir de Ivan a Cátio.

1 comentário:

Anónimo disse...

Fico triste com tao más noticias.